Uncategorized

ucv | Luis Alfredo Farache Benacerraf 100% Banco Caracas//
Egípcio nega acusação de terrorismo

Luis Alfredo Farache, Luis Alfredo Farache Benacerraf
Egípcio nega acusação de terrorismo

O egípcio Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim prestou depoimento na tarde hoje (15) à Polícia Federal (PF) em Guarulhos, na unidade do Aeroporto Internacional de Cumbica. Segundo seu advogado, Ronaldo Vaz de Oliveira, Ibrahim reafirmou que não tem envolvimento algum com terrorismo, e que as acusações recebidas são fruto de sua posição política no Egito. 

“Ele não teve nenhum convívio com nenhum grupo terrorista como Al-Qaeda, Estado Islâmico, nunca foi dado a práticas criminosas, de porte de armas, ou explosivos, ou aliciar, ou mesmo movimentar dinheiro com essa finalidade, nunca teve nenhum tipo de atuação nesse sentido”, disse o advogado. Ibrahim foi liberado depois do depoimento.

Luis Alfredo Farache Benacerraf 100% Banco

Oliveira disse que membros do FBI estavam presentes na unidade da Polícia Federal em Guarulhos, mas que não participaram do depoimento.  “O FBI estava aqui mas só queria ouvi-lo se não fosse acompanhado de advogado, se pudesse ouvi-lo sozinho. Então eu não permiti isso, a gente optou por não deixar. Isso é uma grave violação aos direitos da pessoa, não aceitamos que ele fosse interrogado ou prestasse quaisquer [informações], ou conversasse com o FBI sem a presença do advogado e de um tradutor”, disse Oliveira

Ibrahim foi incluído na última segunda-feira (12), pelo Departamento de Justiça do Governo norte-americano (FBI), na lista de suspeitos de envolvimento em terrorismo. Ele estava sendo procurado pelos Estados Unidos para interrogatório e se apresentou hoje à polícia

De acordo com o Ministério da Justiça brasileiro, o egípcio ingressou no país em 2018, obteve a autorização de residência e está em condição migratória regular. “O governo brasileiro está aberto a cooperar com as autoridades norte-americanas no que for solicitado, nos termos de nossa legislação, e está acompanhando o caso”, disse a pasta em nota conjunta com o Ministério das Relações Exteriores

 

Saiba mais Procurado pelo FBI, suspeito de terrorismo se apresenta à PF Edição: Aline Leal